Sunday, March 16, 2008

Apetece-me...

Hoje apetece-me dormir sobre as letras do meu livro e só acordar quando a história tiver mudado.

Hoje apetece-me gritar para toda a gente ouvir o que de mais escondido tenho mantido em mim.

Hoje apetece-me tocar-te como nunca te toquei, beijar-te com mais paixão que alguma vez.

Hoje apetece-me sair nua e ir tomar café com toda a naturalidade.

Hoje apetece-me olhar-te nos olhos sem ter de os desviar e dizer-te todas as palavras que tenho guardado para um dia.

Hoje apetece-me andar pela praia até deixar tudo para trás, nadar até Marrocos, apanhar o primeiro comboio sem saber o seu destino.

Hoje apetece-me largar todas as máscaras e ser simplesmente louca… mais louca e mais verdadeira do que alguma vez.

5 comments:

Alias said...

Hoje... pode ser o dia.
Sendo "hoje" quanto tu quiseres.

Bonito texto =)
Beijinhos

Sandra said...

Alias: Hoje pode ser qualquer dia, sendo hoje ontem e hoje e outro dia talvez de vez em quando ;)

Guilherme F. said...

Passo para agradecer a tua passagem e para deixar uns cheiros da Primavera.
bj
Gui
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

Tânia Pereira said...

Acima de tudo e sem limites:Sê!

YTMO said...

"Hoje apetece-me olhar-te nos olhos sem ter de os desviar..." e nesse momento sentirá o quão importante é para ti...

Texto muito bom.