Sunday, January 13, 2008

Escolhas conscientes

Caminho leve como há muito não me sentia.
Sinto tudo à minha volta, com a atenção e abertura de uma primeira vez.
Sei para onde vou, mas n sei o que vou encontrar.
Não importa. Sinto-me tão bem aqui!
Queres vir comigo?
Agora que sei como és, tudo é mais fácil.
Verdadeiro, sincero, humano, mostras os teus defeitos e essa torna-se a tua maior qualidade.
Gosto-te assim, a mostrar o que sentes, e sem nunca o conseguires esconder.
A tua simplicidade faz-te grande e leva-te longe, pois permaneces e sabes ficar.
Ajudas-me assim a ficar também. E essa é, muitas vezes, a parte difícil para mim, que faço voos altos e nunca estou no mesmo lugar.
Por isso mesmo gosto-te assim.
Fazes-me calma por dentro, quando só o sou por fora.
Vens comigo?

8 comments:

Lita said...

Texto mágico, pela serenidade, pela leveza. Parabéns e felicidades!!!

Joanne said...

A tua simplicidade faz-te grande e leva-te longe, pois permaneces e sabes ficar.


Que texto mais doce! uma paz transborda das letras para dentro de nós.

Guilherme F. said...

Eu ía....mas não tive tempo de fazer a mala, e as pedras são tantas que necessitava de muito tempo para as arrumar.
Agradeço as palavras que deixastes e ficam aqui um "gostei muito das tuas". Simples mas cheias de sentimentos.
bj
Gui
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

Pepe Luigi said...

Encantador!
O poder da subtileza dos teus escritos deixam-nos numa permanente ansiedade de imaginar uma imagem adjacente.

Beijos
Pepe

YTMO said...

Quando sentimos sinceridade, cumplicidade... vamos até ao fim-do-mundo, mesmo que não saiamos do lugar.

lindas palavras
bjs*

YTMO said...

Quando sentimos sinceridade, cumplicidade... vamos até ao fim-do-mundo, mesmo que não saiamos do lugar.

lindas palavras
bjs*

Alias said...

Seja lá quem for, que vá.
Como resistir à "nobreza" destas palavras?!?!
Bonito!
Beijos

Vertigo said...

Serena,tu.saio daqui como se saísse do yoga ;)

beijinhos