Saturday, September 01, 2007

O beijo de Saturno


A vida escorre-me entre os dedos e não tenho como a fazer parar. Aliás, nem sei se quero!
Só restou vazio, que nem vazio é, porque até o vazio é alguma coisa.
Não ficou nada, não sobrou ninguém.
Era suposto ser assim?
Sempre quis tanto tomar as decisões certas que muitas vezes pouco deixei para o Universo decidir.
Será que apenas meti os pés pelas mãos??
Ou já estava tudo previsto e na realidade não importa o que fiz ou deixei de fazer.
Tantas dores de cabeça para no final ser tudo efémero...
É assim o teu beijo implacável!!

9 comments:

Menina do Rio said...

Tantas coisas deixamos escorrer entre os dedos...a vida, os sonhos; pra restar o vazio ou nada. Será que estava escrito? E se estava, porque não nos deram o veredicto gravado num pergaminho. Fizemos o que pensamos que era e se não era, já está feito...

beijos

Tânia Pereira said...

Gostei muito Sandra...há uma pessoa com a qual sei que ao toque dos lábios é o fim e custa alimentar o que não se vai usufruir mas dá uma lição de humildade e de humanidade que não te digo! Temos que nos habituar mesmo a estar e a usufruuir sem nada em troca...mesmo que seja com tudo o que damos a escorrer pelas mãos fora...bjoca e força.

Valter Martins said...

:))) até breve.... :)))) As liberdades de redes são feitas... é pa ti!

Cuca said...

este teu post faz-me lembrar uma amiga minha...
Gostei muito!
Beijinhos

Guilherme F. said...

Passo para te ler, para beber as palavras e lembrar.
Agradeço as tuas.
bj
Gui
coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

Alias said...

Sabes...acredito que o nosso destino está traçado á nascença. Cabe-nos a nós descobri-lo!
E de vez em quando dar-lhe uma "mãozinha" se possível. :)

Pepe Luigi said...

Eternas dúvidas que só cabem e têm razão de ser nos nossos casos existenciais.

Betty Branco Martins said...

Querida Sandra

Já cá estou de volta:))

Vim só dizer um OLA! e agradecer a visita na minha ausência

Voltarei mais tarde com tempo. Para ler e comentar

Beijos com muito carinho

Betty Branco Martins said...

É verdade que por vezes sentimos que tudo se esvai entre os dedos_________mas existe um tempo para tudo

nas mãos________que julgavamos vazias. ficaram aquelas pequenas "grandes" coisas________para nos mostrar que o efémero é relativo_________aliás como tudo

Beijo com carinho